Você sabe como surgiu a Ceia de Natal?

18 Dec, 2019

Ao contrário do Réveillon, onde a tradição manda usar branco e pular sete ondas, no Natal as atenções estão todas voltadas para a mesa. É nela onde a família se reúne para degustar uma grande ceia: peru, bacalhau, chester, tender, pratos variados e tradicionais, assim como as tão esperadas sobremesas.

De acordo com a literatura, a Ceia de Natal nasceu por volta do século XVI, do antigo costume europeu de deixar as portas das casas abertas durante o período para receber os viajantes e peregrinos que por ali passavam, além de seus familiares, para a confraternização daquela data tão significativa para os cristãos. Muita comida era preparada para a comemoração, tanto no quesito quantidade quanto variedade. Assim, a tradição se espalhou pelo mundo, sendo que cada região se adequou ao seu costume local.

Screenshot_2.png

No Brasil, temos como exemplo o peru, até então tradicional na ceia norte-americana, mas que rapidamente passou a fazer parte dos costumes de outros países. Foi a sua introdução e fixação como prato principal na Europa e nas Américas que transformou o ritual do “jantar de Natal” em “ceia”. Mas antes dele, a tradição natalina brasileira era o Bacalhau, trazido pelos portugueses.

Praticamente todos os alimentos presentes da ceia têm significados especiais. As tradicionais castanhas e frutas secas vieram dos Romanos, os quais acreditavam que as avelãs evitavam a fome, relacionavam as nozes com abundância e prosperidade e as amêndoas protegiam as pessoas dos efeitos adversos alcoólicos.

Outro costume vindo da Roma antiga, a mesa de frutas também se tornou tradição quando uma mesa enfeitada com frutas era usada para homenagear o solstício de inverno, que significava a noite mais longa do ano, quando a Terra atinge o ponto mais distante do sol. Na época, tâmaras, uvas e pêssegos eram banhados com ouro para decorar a casa.

Ficou com vontade de fazer algo diferente para este Natal, mas não sente segurança em cozinhar e garantir que tudo fique perfeito? O Shapp pode ser uma opção, já que no app você pode encontrar mestres capacitados que poderão lhe ensinar até você ficar craque e confiante de que a ceia terá nota 10. Feliz Natal a você e toda sua família!

Comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!


Comentar