O piano e seus benefícios

16 Jan, 2020

Para quem toca piano, a prática não quer dizer apenas estimular mais uma habilidade. De acordo com um estudo publicado na revista britânica Nature, pessoas que tocam instrumentos como este, têm desenvolvimento acima da média em regiões cerebrais responsáveis pela audição, visão e raciocínio espacial. Este é apenas mais um entre os inúmeros estudos sobre as vantagens do piano para a saúde física, mental e o bem-estar, em todas as idades.

Não à toa, a musicoterapia existe desde 1944, para comprovar boa parte do que a música pode provocar por meio de seus elementos – som, ritmo, melodia e harmonia – no auxílio de reabilitações motoras e sociais. Antes mesmo de muitas pesquisas, o filósofo Friedrich Nietzsche já dizia que, “sem música, a vida seria um erro”. Sendo assim, vamos a alguns benefícios trazidos pelo piano e suas notas.

piano.png

Estimula o cérebro

Segundo estudos foi constatado que o piano pode deixar quem toca mais inteligente. Não apenas durante o aprendizado, mas a música em si, que é capaz de criar novas conexões neurais, conexões que não existiriam sem a prática musical.

Melhora a capacidade de memorização

Para tocar, são utilizados dois hemisférios cerebrais: a parte lógica e a parte criativa. Este trabalho cerebral muda a forma como são memorizadas as informações.

Desenvolve a criatividade

O ato de tocar por si só estimula a criação, por meio da busca por interpretações próprias e a concepção de composições próprias. Por isso, também é ideal para pintores, escritores, publicitários e arquitetos.

Auxilia no tratamento de doenças degenerativas

Vários estudos já comprovaram as vantagens de tocar piano ou ouvir som durante o tratamento de doenças degenerativas como o Parkinson e o Alzheimer. Da mesma forma, o contato com o piano é indicado para indivíduos com problemas cognitivos, psicológicos ou de aprendizagem.

Reduz o estresse

Como em todas as práticas, tocar piano exige foco e concentração, o que auxilia a mente a não se desviar para qualquer outro problema. É necessário foco na respiração, na velocidade, nos intervalos e no ritmo, o que já é praticamente suficiente para combater o estresse.

Gostou da ideia? Para que você possa aprender da melhor forma possível e obter todos os benefícios que o piano pode lhe dar, conte com os professores da Shapp e ótima aula!

Comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!


Comentar